Vanessa Grotti

Antropóloga e praticante de ioga, professora do Instituto Universitário Europeu, vive em Florença, feminista a favor de uma lenta bolsa de estudos, fez trabalho de campo entre os Trio, Wayana e Akuriyo do Nordeste da Amazônia, no Burkina Faso e, mais recentemente, em hospitais fronteiriços na Guiana Francesa e Itália, mãe de dois belos macacos-aranha, executa um projeto financiado pelo ERC sobre migração, cuidados maternos e direitos reprodutivos nas fronteiras da UE, com sede na Itália, Grécia, no litoral da França e na Espanha, tornar-se uma sogra italiana a preocupa, gosta de quadrinhos e feriados, muito tímida, mas costumava estar no palco, sente falta de amigos, despreza o populismo, trabalha sobre parentesco, reprodução, medicina, cultura visual e material, corpo e personalidade, nascimento e morte.

posts

O GRITO

Nenhum grito por enquanto...